Simon Cheng, do Chá Piqué, sobre as antigas abordagens orientais da longevidade

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Criança: Bem-vindo ao podcast da minha mãe.

Este episódio é patrocinado pela UpSpring Baby, uma empresa que fabrica produtos inovadores e apoiados pela ciência para mães e bebês. Quero falar sobre um de seus produtos, em particular, porque, apesar de ainda não estar grávida ou ter bebês pequenos, foi realmente útil para mim. Eu realmente gosto das gotas de alívio de náusea do Stomach Settle, que são ótimas para qualquer tipo de dor de estômago causada por enjoo, que eu recebo e algumas de minhas filhas, até enjôos matinais. que felizmente ainda não tenho porque não estou grávida, mas qualquer tipo de inchaço ou distúrbio digestivo. Gosto de manter isso à mão e meus filhos também gostam deles. Eles ajudam a aliviar náuseas, enjôos, gases, inchaço e qualquer tipo de distúrbio digestivo. Na verdade, mantenho esses itens no meu carro, no meu tipo de kit de emergência em cada um dos meus carros, e também na minha bolsa só para ter em mãos, porque dores de barriga podem ser uma coisa quando saímos e em movimento. As gotas Stomach Settle com sabor de limão, gengibre e mel contêm não apenas um, mas três remédios naturais para distúrbios digestivos, gengibre, hortelã e limão. Além disso, eles contêm vitamina B6 para ajudar a aliviar náuseas ocasionais, enjôo, gases e inchaço. Seus ingredientes são micronizados, o que significa que eles proporcionam alívio de ação mais rápida e foram realmente úteis, como eu disse, especialmente para enjôos. Eles são embalados individualmente. Eles são ótimos para viagens, e pude negociar um desconto apenas para você. Você pode verificar isso em upspringbaby.com/pages/wellnessmama, e o código wellness10 economiza 10%.

Este podcast é patrocinado pela Jigsaw Health, minha fonte de magnésio. Você provavelmente sabe, se leu meu blog, que o magnésio é responsável por mais de 300 reações bioquímicas no corpo. Ela afeta a pressão arterial, o metabolismo, a função imunológica e muitos outros aspectos da saúde, incluindo hormônios. É conhecido como o mineral mestre e é um dos poucos suplementos que tomo regularmente. E eu encontrei uma maneira específica de tomá-lo que funciona melhor para mim em formas muito específicas, porque se o magnésio é tomado da maneira errada, pode levar a distúrbios digestivos ou se for tomado muito rapidamente, pode causar todos os tipos de problemas. Então, tomo dois suplementos. Um chamado MagSRT, que é uma forma de liberação lenta do malato de dimagnesio. A tecnologia de liberação lenta facilita o processo digestivo. Portanto, não recebo nenhum distúrbio digestivo que vem com algumas formas de magnésio. Tomo este formulário de manhã e no almoço. Então, duas cápsulas no café da manhã, duas cápsulas no almoço. E à noite, tomo um produto diferente MagSoothe, que é o glicinato de magnésio, que é ligado ao magnésio com o aminoácido glicina para ajudar a dormir. E, em conjunto, notei o maior efeito desses dois produtos em particular. Você pode conferir os dois e salvar, acessando jigsawhealth.com/wellnessmama. E o código wellness10 lhe dará US $ 10 em qualquer pedido.

Olá, e bem-vindo ao Podcast Mama Mama. Sou Katie, do wellnessmama.com, e hoje estou aqui com Simon Cheng, fundador e CEO da Pique Tea. A própria história dele é bem fascinante. Ele passou por uma década de problemas de saúde, o que o deixou com coisas realmente graves, como grampos nos pulmões e comemorando seu aniversário de 30 anos com um tubo de antibióticos diretamente na válvula cardíaca. E ele disse: “Basta”, assumiu o controle de sua saúde e estuda todas as áreas da saúde desde então e recuperou completamente. Ele agora é dono do Pique Tea, que é o culminar de tudo o que aprendeu sobre plantas medicinais, além de coisas como respiração e todas as modalidades que entram em jogo com isso. Se você não conhece o Pique Tea, é um dos meus favoritos. É um chá cristalizado de fermentação fria que está associado a uma melhor saúde intestinal. Há chás para o estresse e para a energia sustentada ao longo do dia.

Simon se graduou e fez mestrado em Harvard e Stanford e é o membro mais jovem da Mesa Redonda de Nutrição da Harvard School of Health. Ele também é um curandeiro taoísta educado, mestre em chá, praticante e professor de qi gong e tai chi e compartilha hoje muitas de suas teorias pessoais e apoiadas em pesquisas para melhorar não apenas a expectativa de vida, mas também o tempo de saúde e a saúde geral. Então, com isso, vamos nos juntar ao Simon.

Katie: Simon, seja bem-vindo e obrigado por estar aqui.

Simon: Muito obrigado por me receber, Katie. É um enorme prazer.

Katie: Estou empolgada com a nossa conversa e, na verdade, quero entrar com uma pergunta que às vezes faço no meio ou no final da entrevista, mas acho que vai ser um ótimo trampolim para nós hoje, e é isso que algumas coisas que as pessoas não sabem ou entendem sobre sua área de especialização? O que também é, obviamente, uma excelente introdução à sua área de especialização.

Simon: Sim, com certeza. Absolutamente. Portanto, existem algumas coisas e acho que esses conceitos realmente formam a base de tudo o que fazemos no Pique Tea. E no que diz respeito ao desenvolvimento de produtos, estratégia de conteúdo e tudo o que estamos tentando fazer com nossa missão. Então, a primeira é que alguns de vocês devem saber que nasci em Hong Kong e cresci lá até o final da adolescência. E Hong Kong foi recentemente classificada como número um em expectativa de vida pela ONU no último conjunto de estatísticas lançadas em 2016.

Então, número um no mundo. E acho que em vários momentos sempre esteve no top 10. E acho que é uma coisa muito, muito interessante, porque muitas pessoas estudam as Zonas Azuis, que são essas áreas famosas de populações de centenários. Muitos deles, como Okinawa, na Sardenha, são lugares onde as pessoas podem desfrutar do ar fresco do oceano, sol abundante, um estilo de vida bastante relaxado. Pelo contrário, Hong Kong é um centro financeiro muito, muito movimentado, PIB per capita muito alto, muito pouco espaço, muita poluição. Eu acho que é algo bastante interessante que podemos nos aprofundar um pouco mais.

A segunda coisa é, realmente, em relação aos hábitos de consumo de chá e chá no mundo ocidental e nos EUA, o que na verdade não é uma população predominantemente consumidora de café. Portanto, o chá realmente requer um consumo em quantidade e quantidade adequadas para liberar qualquer tipo de benefício à saúde. E como você deve saber, Katie, o chá sempre esteve associado a práticas de meditação, atenção e respiração. E este é o outro lado dos benefícios que o chá traz e é meio que o metafísico, chamado mental, psicológico, espiritual e requer beber chá conscientemente. E isso é algo em que também podemos nos aprofundar. Está diretamente ligado aos ingredientes ativos do chá, catequinas, L-teanina e cafeína, a combinação dos três.

E, finalmente, esta é a última coisa, e esse é um tópico mais profundo, mas o fundamento de nossa missão e nosso sistema de crenças é que o chá realmente fornece uma porta de entrada para a consciência superior, esse tipo de janela para sua alma ou o universo . Fico feliz em discutir isso um pouco mais. Essas são três coisas que as pessoas realmente não sabem muito sobre o chá e certamente o que fazemos.

Katie: Eu amo isso. Eu adoraria começar um pouco mais com a desintoxicação, porque acho que há muitos conceitos errados quando se trata de desintoxicação e o que isso realmente significa e, então, maneiras de apoiá-la com base em evidências. E, claro, acho que há uma quantidade enorme de evidências sobre os diferentes tipos de chás e sobre as diferentes ervas usadas em chás para isso. Mas vamos começar com sua abordagem de desintoxicação e o que as pessoas precisam entender.

Simon: Sim, com certeza. E acho que isso está diretamente ligado ao entendimento da expectativa de vida e da saúde e bem-estar em geral. Portanto, minha abordagem à desintoxicação é realmente sobre desintoxicação de toxinas ambientais. Sei que este é um tópico do seu interesse. E adoro os produtos que você lançou através do Wellnesse. Minha abordagem à desintoxicação está realmente adotando uma abordagem cinco-sensorial, certo. Isso é algo que eu pratico há muito tempo. É realmente o tipo de síntese e destilação de muitas práticas que já notei em outros tipos de especialistas em saúde, curandeiros, especialistas em meditação, baseados em plantas, médicos e profissionais, que também seguem aproximadamente, certo.

E a ideia é que a consciência é algo impenetrável para muitas pessoas. E podemos tornar isso tangível, abordando-o a partir dessa abordagem sensorial. Então, apenas em um nível muito básico, cheire, certo. Esse é um dos cinco sentidos. Estamos constantemente cercados por uma enxurrada de desodorizadores de ar, purificadores de ar, árvores de Natal penduradas em Ubers, pessoas usando ingredientes ou desodorizantes em sua casa. Produtos para a pele com muita fragrância, produtos de limpeza com muita fragrância. E para desenvolver um tipo de consciência maior em relação a esses produtos químicos e outras toxinas que estão no ar, sejam vapores de tinta, basta se expor ao ar fresco, certo. Então, acordando e abrindo a janela, sentando-me ao ar livre, entrando na floresta e na floresta, passando um tempo na natureza. Quanto mais você faz isso, mais consciente se torna do cheiro do ar puro e puro.

O mesmo vale para reduzir o uso de produtos nocivos em sua vida. E outro seria sabor, certo. É óbvio que, se você estiver comendo fast-food e Cheetos o dia todo, não será capaz de apreciar ou diferenciar quando vir algo do mercado de agricultores com cinco dias ou três dias ou uma semana ou um pedaço de peixe que foi congelado e descongelado, você sabe, três vezes, em comparação com o fresco do oceano. E, na verdade, trata-se, mais uma vez, de desenvolver esse nível de consciência através de maneiras muito acessíveis que você pode fazer passo a passo.

O mesmo vale para o toque, certo. Quero dizer, conheço muitas pessoas que usam protetor solar e base todos os dias. Eles saem todos os dias de suas vidas. Eles estão usando. Eles usam cem por cento de fibras sintéticas, corantes tóxicos. Sua pele não consegue respirar, certo. E daí se você parar de usar esses produtos? E comece a usar fibras mais naturais, como algodão, lã ou caxemira. Você começará a desenvolver um nível de consciência que é completamente diferente. Você entenderá como é sua pele realmente respirar.

E as mesmas coisas valem para visão e som. Por fim, onde queremos chegar é uma situação em que você está levando a vida naturalmente. Você é … o que chamamos de união com a natureza. Então, você está usando produtos naturais, está usando fibras naturais e está lentamente eliminando o ruído, a poluição e as toxinas ambientais pelas quais estamos cercados. Então, compare isso com a vida em que normalmente vivemos, respirando ar fresco e tendo momentos de silêncio e fechando os olhos. É meio que trabalhar para isso.

Katie: Sim, absolutamente. E acho que todos esses fatores que você mencionou são fáceis de subestimar, porque talvez não sintamos o impacto imediato das fibras em nossas roupas ou em produtos de limpeza doméstica ou na pele. Mas, com o tempo, elas têm um impacto tão dramático. Essa tem sido uma área de pesquisa para mim também. E, como você mencionou, o motivo pelo qual eu comecei a desenvolver certos produtos que são especialmente tipicamente contaminados. E acho que muitas vezes não percebemos esse impacto até tirarmos essas coisas e depois notamos o quanto nos sentimos melhor. E também, é claro, apoiar o corpo em suas vias naturais de desintoxicação das maneiras que você mencionou.

Leia Também  A combinação de ômega 3 e coenzima Q10 exerce potencial neuroprotetor contra a doença de Alzheimer induzida por hipercolesterolemia.

E sei que já tocamos nisso antes, mas você é um grande defensor da respiração, e isso é algo que eu tenho tentado discar na minha própria vida. Sinto que compreendi bem a dieta e o estilo de vida, mas o estresse e o sono ainda são áreas em que posso definitivamente melhorar. E, portanto, tenho experimentado diferentes formas de respirar para tentar otimizar as duas. Então, eu adoraria ouvir sobre suas práticas de respirar e as maneiras pelas quais isso está associado a uma melhor saúde.

Simon: Sim, com certeza. Sim. Então, se a desintoxicação e a eliminação do ruído e da distração for esse caminho gradual do extremo do fast food até o outro extremo da tarifa do mercado do agricultor, você também poderá traçar a mesma trajetória, certo, da vista. Então, se você estiver assistindo TV constantemente ou tiver muitas distrações. Algumas pessoas não assistem TV ou não leem, mas na verdade gostam de assistir, certo. Então, suponha que você leve isso ao extremo de apenas olhar a natureza ou o que dizer de olhar para uma parede branca? Ou que tal apenas fechar os olhos? Essa é uma trajetória passo a passo em direção a uma prática de atenção plena, certo.

E o mesmo vale para o ar fresco. Se você começar a tomar ar fresco e a não ter toxinas ao seu redor, começará a perceber que está respirando mais. E a mesma coisa vale para sons, certo. É como os sons da TV ou da música hip hop ou rock que podem ser ofensivos ou violentos. Que tal apenas silêncio? Nada certo. E este não é nenhum tipo de prática de meditação, como se este estivesse realmente seguindo o caminho em direção à consciência superior, certo. Ao fazer essas coisas, você já está tão longe no caminho da prática da atenção plena e da respiração, bem à frente de qualquer pessoa que seja como: “Oh, eu faço, MT ou eu pratico pranayama ou método Wim Hof” ou em No meu caso, respiro medicinal, que é um método baseado no Chi.

Você já foi tão longe nessa estrada que, posteriormente, o que persegue é simplesmente uma técnica de respiração, certo. São todas as coisas que acabei de mencionar, aquelas técnicas diferentes que são métodos diferentes de respirar, de controlar sua respiração. Mas você já mergulhou até agora em uma prática de atenção plena que a técnica da respiração vem com muita facilidade. E, por isso, me aprofundou um pouco no trabalho de respiração medicinal, que é a técnica que uso. É baseado na medicina tradicional chinesa. É uma prática taoísta e é baseada no conceito de energia ou Chi no seu corpo, certo.

E então é completamente fisiológico. Essa é a diferença. Não é uma prática espiritual, não se destina à iluminação, não se destina a nenhum tipo de objetivo metafísico, por assim dizer. No entanto, o processo fisiológico é realmente baseado no conceito de que em seu corpo existe tensão, que é igual a bloqueio, ou relaxamento, que é igual a um fluxo livre de energia desbloqueado. Portanto, para aqueles que estiveram em concha ou acupuntura ou agulhas, muitas dessas coisas são realmente destinadas a desbloquear bloqueios, certo, para que sua energia possa fluir livremente.

Agora, com a respiração medicinal de Qigong, você simplesmente se concentra, sua intenção é muito semelhante ao pranayama, que é uma prática de yoga. Você concentra sua intenção durante a respiração em uma parte específica do seu corpo, chamada dantian, que também é o chakra sacral do yoga. É como uma polegada ou duas abaixo do umbigo. E você concentra sua intenção lá, porque isso significa ser o regulador ou o motor da energia do seu corpo. Portanto, se você concentrar a energia ali, ela redistribuirá a energia por todo o corpo em seus órgãos, pernas e cérebro por meio dos meridianos, certo. Pelo caminho, os meridianos são mapeados através dos mapas de acupuntura. E então imagine que há uma série de rios, córregos e afluentes em seu corpo. E tudo isso foi traçado por pelo menos 2000 anos, certo. Eles estão muito bem estabelecidos como essa energia flui. E você realmente está apenas reciclando, dando partida, se quiser, como um turbocompressor, a circulação de energia através desses meridianos. Então é completamente fisiológico. O melhor é que, se você pratica também, muitos benefícios metafísicos se seguem. E essas são algumas das coisas que as pessoas meditam em uma base espiritual para alcançar.

Katie: Entendi. Isso faz sentido. Sim, eu acho que adoro o fato de você ter mencionado o silêncio, porque acho que isso é algo escasso no mundo moderno, para mães especialmente compreensivelmente com crianças pequenas. Mas mesmo com pouca família, a dinâmica familiar normal, que muitas vezes não leva ao silêncio, acho que muitos de nós têm o hábito de sempre ter música, TV ou podcast, como muitas pessoas que ouvem isso podem ter. em.

E você está certo, acho que há algo bonito no silêncio. E também, se você não está acostumado, pode haver um certo desconforto nesse silêncio por um tempo, até você aprender a ficar calado e quieto consigo mesmo. E muitas culturas têm alguma forma disso. E acho que não fazemos um ótimo trabalho disso no mundo moderno muitas vezes, mas muitas culturas têm alguma prática envolvendo esse silêncio e a quietude e poder sentar-se com conforto. E eu acho que esse é um trampolim perfeito para falar sobre conscientização, que é outro grande tópico para você que você tocou brevemente e algo que eu sei que é uma grande parte da sua vida. Então, conduza-nos através disso e como você cultiva isso em sua vida.

Simon: Absolutamente. Então, para mim, consciência e consciência são realmente a mesma coisa. E é realmente baseado no conceito de que tudo o que você precisa já está dentro. Significando que você tem a capacidade de se curar se ouvir o seu corpo, que você já tem a capacidade dentro de você de realizar seu potencial de qualquer maneira e forma que possa assumir. E os desafios que enfrentamos são realmente o de não ser capaz de ouvir ou ver isso. E isso é devido à falta de consciência e falta de consciência e chamamos de que o ruído ou as toxinas ambientais, qualquer que seja o nome que você queira dar, é o que mais fica entre nós e nossa verdadeira natureza, certo.

E assim, tomar consciência disso é realmente algo que tento ajudar a cada um de nossos clientes, bem como a todas as pessoas de nossa equipe, a todos que conheço, de alguma forma ou forma. E, obviamente, o chá que fazemos é uma grande parte disso. Quimicamente, o chá possui diferentes compostos, L-teanina, cafeína, polifenóis que trabalham em conjunto para produzir um estado mental muito específico, de maior consciência e atenção, que também é calmo e relaxado. Não há nada parecido por aí.

E isso está voltando ao que eu disse anteriormente, quando muitas pessoas bebem chá, elas o fazem em movimento. Você sabe, eles estão dirigindo, assistindo TV, estão ouvindo um podcast ou trabalhando. Nesses casos, você não pode realmente sentir, não pode estar ciente ou consciente dos efeitos que esses compostos bioquímicos estão causando em você, certo. L-theanine é um composto muito calmante e reduz toda a atividade no cérebro. Os polifenóis são na verdade um composto antioxidante que leva ao suporte imunológico, maior senso de vitalidade. Isso faz você se sentir saudável.

A cafeína no chá é extremamente diferente. Está ligado aos compostos de catequina. Está ligado aos polifenóis, dificultando a digestão e a decomposição do corpo. Portanto, há uma liberação do tempo da cafeína. Portanto, a energia, o impacto da cafeína é mais gradual, certo. E mais gradual, o que significa que durará mais de três a quatro horas e também não o levará a um acidente ou você estará cansado depois. Portanto, a combinação dessas sensações, se você não percebe com o nível de consciência e não é difícil fazer isso, pode sentar em algum lugar e apenas olhar pela janela e sentir as sensações. É difícil para um chá fazer seu trabalho desse tipo de ponto de vista metafísico, certo. Esse é o tipo de conceito de conscientização e algo que ajudamos a todos a experimentar através do chá e das práticas de atenção plena.

Katie: Eu amo que esses dois sejam … Que você fale sobre como realmente combinar esses dois. E acho que será ótimo abordar alguns detalhes sobre … Agora que já conversamos sobre a consciência e o lado mental sobre os benefícios físicos e fisiológicos dos chás, porque eles certamente estão bem documentados, bem estudados e usados ​​em todo o mundo. mundo de várias maneiras. Então, eu adoraria bater em você com algum tipo de perguntas um tanto rápidas relacionadas a diferentes tipos de chá. No momento, sou um grande fã da Deusa do Sol Matcha que vocês têm. Eu tenho tentado alternar e não tomar café todos os dias. E então eu tomo chá verde na maioria dos dias e falo sobre isso especificamente. Eu sei que muitas pessoas estão familiarizadas com a idéia de o chá verde ser saudável, mas o matcha vai além do esperado. E então o seu vai além e além disso. Então, acompanhe-nos pelos benefícios disso.

Simon: Sim, com certeza. Portanto, este é um produto muito especial que fabricamos, reconhecendo uma necessidade no mercado por algo de altíssima qualidade e, no entanto, puro, certo. Então, uma das coisas interessantes sobre o matcha é que obviamente se origina no Japão. É uma grande parte do chá cerimonial, cultura de cerimônia e também cultura de meditação no Japão. Tão usadas nos templos, suas escolas de cerimônia do chá. É muito tradicional, é o que estou tentando dizer. E na abordagem tradicional ao matcha, não há muita preocupação com as práticas agrícolas orgânicas na pureza do matcha. Eles estão mais interessados ​​na aparência e no gosto, certo.

E assim a aparência, o sabor e todos os parâmetros de qualidade do matcha foram estabelecidos por meio dessas abordagens tradicionais, certo. Então, o que descobrimos é o matcha de grau cerimonial, que é como o grau mais alto de matcha. Mas, como eu disse, muitos desses templos e escolas de cerimônia do chá, eles não se importam se o matcha é orgânico ou não. E então, essa foi a luta que tive: adoro o matcha, é tremendo para meditação e atenção, porque é muito rico em L-teanina. Mas não consegui uma fonte pura, certo. Há muito, muito pouco matcha verde orgânico e cerimonial por aí.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Por isso, desenvolvemos um em parceria com um mestre de chá de 10º grau. Portanto, existem apenas 13 no mundo. Esse cavalheiro está na casa dos 50 e provavelmente levou a melhor metade de sua vida para obter esse nível de certificação. E obtivemos nosso chá de uma fonte muito especial na ponta mais ao sul do Japão. Está em uma área chamada Kagoshima, então fica ao lado de Okinawa, que é uma das zonas azuis, muito, muito longe da poluição industrial no Japão. E é extremamente puro, na verdade, é bem próximo ao primeiro parque nacional designado no Japão.

Então, crescendo nas montanhas, não há necessidade do uso de pesticidas, porque é muito legal e montanhoso, por isso não há muitos problemas de deriva de pesticidas. Portanto, alguns de vocês podem não estar familiarizados, mas no Japão, grande parte da terra agrícola é muito, muito bem traçada para aumentar a eficiência do espaço. E o que acontece quando uma fazenda usa pesticidas é que ela passará por todas as fazendas vizinhas. Assim, você pode evitar esse problema tendo uma fazenda de chá nas montanhas. E é claro, há uma quantidade muito menor de suprimento, certo, então é mais escasso.

Leia Também  [Ultraviolet irradiation of the blood in the intensive treatment of

E então, segundo, é misturado por esse mestre de chá de 10º grau. Portanto, está em um nível muito alto de tipo de qualidade cerimonial de todos os diferentes parâmetros de sabor, cor e espuma, como … a sensação na boca e a textura. E então também quadruplicamos as telas de toxinas. Todos os nossos produtos são triplos para detectar metais pesados, pesticidas e fungos tóxicos. Demos um passo adiante com esse matcha para rastrear isótopos radioativos particularmente preocupados porque os matcha são do Japão, houve um incidente nuclear no Japão, do qual eles se recuperaram muito bem, mas ainda há clientes com preocupações sobre isto.

E, portanto, há um nível muito, muito alto de triagem. Em poucas palavras, é isso. A Matcha também fica sombreada por um período muito longo com um tipo de sombra natural de fibra de bambu da planta. Portanto, isso está entrando um pouco na mecânica de como o matcha é feito. O Matcha é sombreado, principalmente porque é diferente de todos os outros chás. E o sombreamento inibe a fotossíntese, e leva o matcha a desenvolver altos níveis de clorofila e L-theanina, que é o aminoácido que leva a uma maior atividade alfa no cérebro, e é algo pelo qual o matcha é valorizado, tanto de um ponto de vista do sabor e também de um benefício à saúde.

Katie: Estou tão feliz que você trouxe os testes porque recebo muitas perguntas relacionadas a isso, especialmente os metais pesados, que, é claro, se tornaram uma preocupação nos últimos anos. E eu sei que vocês, como você disse, testam para isso. E eu sei que algumas pessoas também se preocupam com o flúor no chá, devido à capacidade das plantas de chá de absorver flúor do solo. É algo que vocês testam também?

Simon: Sim, nós definitivamente testamos flúor. E especialmente a Deusa do Sol Matcha, é algo que testamos. E é verdade que muitos … O chá tem uma tendência a seqüestrar toxinas do ar. É uma dessas fábricas e, portanto, a fonte da qual você a obtém é primordial, e é por isso que nos esforçamos para encontrar fontes puras.

Katie: Faz sentido. Entendi. Então, eu adoraria falar sobre alguns dos outros tipos de chás e como eles podem ser usados ​​para apoiar o corpo de várias maneiras. Eu sei que vocês têm uma enorme variedade agora. E vou fazer algumas perguntas específicas relacionadas a como cada uma delas pode ser usada. Mas acompanhe alguns dos outros tipos de chás que estão disponíveis, especialmente de vocês, e como eles podem ser implementados como parte desse tipo de abordagem de corpo inteiro.

Simon: Absolutamente. Portanto, temos um protocolo para tomar chá que recomendamos para as pessoas e geralmente são recomendados chás pretos para as manhãs. O chá preto tem uma menor concentração de catequinas. As catequinas são na verdade antioxidantes do chá verde. O chá preto tem um conjunto totalmente diferente de antioxidantes chamados teaflavinas e é o que realmente dá ao chá preto sua cor. Mas, como resultado disso, a cafeína do chá preto começa a acelerar mais rapidamente. Portanto, para aqueles que procuram uma carga de energia pela manhã, o chá preto é realmente fantástico para isso. Além disso, as teaflavinas do chá preto são muito favoráveis ​​ao bioma intestinal.

E isso é algo que, quando você acorda de manhã e não come muito ou toma chá com o estômago vazio, o chá preto tende a ser muito mais adequado para esse tipo de instância de consumo. À tarde, geralmente recomendamos chá verde. Assim, com o chá preto, temos o café da manhã inglês, Earl Grey, uma variedade de chás pretos diferentes. À tarde é quando geralmente recomendamos que as pessoas bebam chás verdes. Esse é o tipo de hora após o almoço, se consumido, pode haver um pouco de lentidão ao digerir a refeição.

O chá verde é geralmente fantástico para ajudar nos processos digestivos, facilitando o sistema metabólico e também fornecendo a energia que vai durar até a tarde. E então, à noite, temos uma variedade de diferentes chás de ervas, rooibos, hibiscos, um chá de gengibre. Temos também um reishi de chá de cogumelos. Tudo isso é fantástico à noite, pois fornece diferentes tipos de polifenóis vegetais. Então, acreditamos em beber o arco-íris tanto quanto em comer o arco-íris. À noite, você pode acessar os benefícios desses diferentes polifenóis vegetais e também ajudar a relaxar e preparar você para uma noite de descanso.

Katie: Sim, sou uma grande fã de reishi à noite para dormir e definitivamente vejo uma diferença no meu sono quando eu consumi reishi. Adoro esse ponto de beber o arco-íris, não apenas comer o arco-íris e é uma ótima solução quando ouço pessoas que dizem que não gostam de água pura. Por isso, acho que o chá é uma ótima maneira, praticamente não calórica, de alterar o sabor da água e obter muitos benefícios, sem muitos outros produtos voltados para pessoas que não gostam da água. gosto de água, que tem muitos ingredientes que a maioria de nós tenta evitar. Então eu acho que é uma ótima solução lá. Uma pergunta que estou recebendo muito com o aumento da popularidade de vários tipos de jejum, seja o jejum intermitente, o jejum na água, etc., é como o chá pode se encaixar em um protocolo de jejum. E se consumir chá sem adicionar nada a isso interrompe o jejum ou não.

Simon: Sim, com certeza. Portanto, o jejum é uma área de enorme interesse e tipo de foco para nós. Na verdade, é um dos nossos três pilares da saúde, juntamente com a saúde e a consciência intestinais. Desenvolvemos um conjunto de chás com o Dr. Jason Fung, nefrologista e um dos principais especialistas em jejum intermitente. Ele é realmente um médico clínico. Então, ele ajudou milhares de pessoas a colher os benefícios do jejum. É apenas um trabalho realmente incrível que ele fez. Ele recomenda sempre o chá há anos e anos a seus pacientes, especificamente para o jejum, porque ele tende a ajudar a controlar a pontada de fome, proporciona saciedade, proporciona sensação de plenitude, além de apoiar os diferentes tipos de metas e benefícios do jejum. que as pessoas estão interessadas.

Se ele quebra rápido ou não, é uma questão interessante. Tecnicamente, você sabe, por definição, e isso é algo que o Dr. Fung também lhe dirá, eles quebram o jejum por definição, certo. Porque, mesmo em um nível muito baixo de traço, eles podem estar, e eu estou falando, talvez, dos dígitos únicos baixos de calorias, certo. Então, tecnicamente falando, sim, qualquer tipo de ingestão calórica quebrará rapidamente. Mas a questão é que é em quantidade tão pequena, o impacto certo, das calorias e dos benefícios que são tão esmagadores … superam esse tipo de desvantagem minúscula, que é realmente técnica. Mas, de um modo geral, a rede de pessoas está muito melhor usando chá para o jejum do que não.

E existem diferentes maneiras de usar o chá. Você pode beber durante sua janela de festa e sua janela de jejum, certo. Então, para muitas pessoas e há benefícios para ambos. Muitas pessoas pensam: “Oh, eu só posso beber durante a minha janela de jejum e essa é a única maneira de me beneficiar”. Na verdade, não é o caso. Mesmo se você estiver comendo durante a janela da festa e tomando chá, ainda colherá os benefícios do tipo de suporte digestivo, metabólico e assim por diante. Termogênese é algo que o Dr. Fung fala muito. Claro, ao mesmo tempo, você pode beber na sua janela de jejum.

Now some people actually are sensitive to the compounds in tea, be it the tannins or the caffeine and don’t take well to drinking it on an empty stomach. And I think that this is probably the small minority of users and certainly we have a whole range of different teas that are herbal, that are part herbal, part tea or that are a hundred percent full tea for these different kind of usages, right. And so we have a black tea, which is blended with a bergamot which we recommend for the mornings. We have a green tea that is blended with matcha that’s fantastic for the afternoons. And then we have an herbal tea for kind of all of the windows in between. Yeah, and so people really enjoy the process because it provides them with the satiety and also this freedom of choice. I think when you’re doing a fast one of the most dreadful things for people that gives them the most anxiety is like, “Oh, I just have to sit there and drink water.” It’s something that’s very daunting. But when you have a number of different flavored beneficial, hydrated hydrating options to choose from, it really goes very far in breaking up a fast.

Katie: I agree. It does make a tremendous difference. I’ve noticed that myself and I’ve experimented with both. I test pretty regularly, especially if I’m on a longer water fast, things like ketones and glucose and then even more traditional labs just to monitor all of that. And I do definitely notice a difference with things like tea in the monotony alone.

This episode is sponsored by UpSpring Baby, a company making innovative science-backed products for moms and babies. And I wanna tell you about one of their products in particular because even though I’m not even currently pregnant or have tiny babies, it’s been really helpful to me. I really like their Stomach Settle nausea relief drops, which are great for any kind of stomach upset from motion sickness, which I get and a couple of my daughters get, to morning sickness. which I thankfully do not have right now because I’m not pregnant, but any kind of bloating or digestive upset at all. I love to keep this on hand and my kids like them too. They help relieve nausea, motion sickness, gas, bloating, and any kind of digestive upset. In fact, I keep these in my car, in my kind of like emergency kit in each of my cars, and also in my purse just to have on hand because tummy aches can be a thing when out and on-the-go. Their lemon-ginger-honey flavored Stomach Settle drops contain not just one but three natural remedies for digestive upset, ginger, spearmint, and lemon. Plus, they contain vitamin B6 to help relieve occasional nausea, motion sickness, gas and bloating. Their ingredients are micronized, meaning that they provide faster-acting relief, and they have been really helpful, like I said, especially for motion sickness. They’re individually wrapped. They’re great for on-the-go, and I was able to negotiate a discount just for you. You can check this out at upspringbaby.com/pages/wellnessmama, and the code wellness10 saves you 10%.

This podcast is sponsored by Jigsaw Health, my source for magnesium. You probably know, if you’ve read my blog, that magnesium is responsible for over 300 biochemical reactions in the body. It impacts blood pressure, metabolism, immune function, and many other aspects of health, including hormones. It’s known as the master mineral and it’s one of the few supplements I take regularly. And I have found a specific way to take it that works best for me in very specific forms because if magnesium is taken in the wrong way it can lead to digestive upset or if it’s taken too quickly it can cause all kinds of problems. So, I take two supplements. One called MagSRT which is a slow release form of the dimagnesium malate. The slow release technology makes it easier on the digestive system. So I don’t get any of the digestive disturbance that comes with some forms of magnesium. I take this form in the morning and at lunch. So, two capsules with breakfast, two capsules with lunch. And at night, I take a different product MagSoothe, which is magnesium glycinate which is magnesium bound with the amino acid glycine to help sleep. And in combination, I noticed the biggest effect from those two particular products. You can check them both out and save by going to jigsawhealth.com/wellnessmama. And the code wellness10 will give you $10 off any order.

Leia Também  Como a vitamina C aumenta o sistema imunológico

Katie: Another question, especially with the audience listening, many of them are parents and many moms, of course, and I get a lot of questions related to tea and if it’s safe to consume during periods of pregnancy and breastfeeding.

Simon: So there are many different approaches to this, and I can’t say that one is correct and another is wrong. Certainly, I think that, in this case, it’s certainly advisable to consult a health expert or a doctor so that they can get the specific health advice to the situation of the individual. That’s a hard one. I’ve certainly met people who do consume tea and I’ve met plenty of people who don’t during pregnancy.

Katie: Got you. I think, yeah, that’s always sage advice for anyone with a medical condition or especially anyone growing a new human is definitely, “Talk to your doctor and see.” I can say from experience, my doctor told me that like caffeine to a certain level was okay. So I did consume green tea during several of my pregnancies and certain herbal teas, but definitely echo your advice on, talk to your doctor and make sure there’s no other concerns that you aren’t aware of for your specific instance.

And I’d love to switch gears a little bit and talk about an idea of… And I know that you’ve talked about this and written about this a little bit, but not just lifespan but health span because we started this episode talking about areas where people live longer and in the health community there’s been more and more buzz about not just increasing how long we live, but increasing how long we live in a healthy way. And for people like you, I’m assuming those actually are one and the same, but I’d love to go deeper just specifically on the idea of health span. And other factors that you think can come into play to increase how long we’re living in a healthy way.

Simon: Yes, absolutely. My grandfather actually turns 105… He’ll turn 106 this December and so he’s really been kind of an example of longevity and very healthy of course, he plays a Bridge and Mahjong every day still, for about six hours. But he’s always been a great example to me of the meaning of living long and living healthily. I think this ties very much into what I mentioned at the beginning about Hong Kong being ranked amongst the highest in countries or in places for life expectancy. And not wanting to sound like a broken record here, but it really really goes back to the concept of consciousness and awareness.

So something my grandfather always told me is that, he…and this is something a very wise Austrian friend told him, he was a mountaineer. He said that, you know, I always regard my health as like a bank balance, you never want to draw it to zero, you certainly never want to draw it to negative. And every dollar or every penny that you put in there is going to increase your overall health and your overall wellness and longevity. And you’re in this constant effort to increase that balance, right, and not deplete it. So you always want to keep building it up and make it higher.

And I think that philosophically is very different than how a lot of people in this day and age understand health. I mean, just looking at what’s going on today, with the Coronavirus. There are so many people around me that are in my age group or in my organization, or friends that have this idea that Coronavirus is not going to kill them, it’s going to be bad for a couple days and they’ll recover, and everything will be fine. But that’s really in opposition to the concept of living well, for a long period, right. If you just want to live well, then certainly by all means, one should kind of live life to the fullest, right. The whole YOLO and do whatever they like and not be restrained by self-quarantine or limiting travel or not going to conferences or being…washing hands and all that stuff. Nobody wants to do that. In fact, traveling right now is as cheap as it could possibly be. So why not travel the world, right.

But the idea with the kind of more Eastern approach to health, and certainly one that my grandfather adopted, is that all of these things go to taking away the health credits that you have, right. So every time you get a flu, or every time you have an invasive procedure done, every time you’re taking something or other that for some issue that you had, there is something that’s taken away from your overall kind of bank balance of wellness credits, right. And so I think this is really kind of key and something that’s always in practice in Hong Kong and is certainly the case for Taiwan and Japan and Korea and in a lot of the Eastern cultures is this concept of constantly balancing, right.

So this is rebalancing even when you don’t feel like there’s something wrong, is basically the principle of prevention, right. So how prevention is basically about accumulating these health credits, and avoiding sickness, avoiding the feeling of symptoms, right. By the time you’re symptomatic, you’ve already gotten sick. And if you avoid the symptoms for long enough then things become chronic, and so on. And so it’s really about kind of the rebalancing. And you can do that by having a higher level of consciousness and awareness to how your body feels. If you wake up exhausted, then something is not right, right. If you’ve slept poorly for a couple of days in a row, you’ve been affected, something is not right. If you’re feeling some sort of discomfort in your body, pay attention to that, right. And see what we can do to address that and make it go away. That’s the idea.

Katie: Yeah. I love that. I think that’s really important perspective, especially at times like this when things are as they currently are. And yeah, I think that’s a perfect place to actually springboard into another question that I love to ask, which relates to mindset and learning and lifelong health, which is if there’s a book or a number of books that have really dramatically impacted your life and if so, what they are and why.

Simon: Yeah, absolutely. This is a tough question, Katie, because, I have a lot of favorite books. And certainly, my favorite book will change from time to time. But I guess the books that I tend to go back to the most are ones that are philosophical in nature or spiritual in nature. And the one that I tend to constantly carry with me and read time and time again, is a book I discovered when I was in my… In high school when I was in my mid-teens, and it’s the “Tao-Te Ching.” So it’s a Taoist text and many of you may have heard of it. It’s basically the concept of Taoism Watts was created in this book, of “Yin and Yang,” the entire kind of system of traditional Chinese medicine, of Qigong practice of all of this different energy work and using plants to heal the body from the eastern perspective is based on this book. So it’s rich in kind of philosophical wisdom, as well as very practical, wellness, health-based physical sort of practices. In fact, Tai-Chi is based on this book, The Art of War is based on this book. I would say that, you know, the better half of Chinese civilization is based on this book.

Katie: That’s fascinating. And a new recommendation. I’ll make sure we link that in the show notes at wellnessmama.fm, so you guys can grab it if you’d like. Simon, any parting advice you would like to leave in the ears of our listeners today?

Simon: Yeah, really just the concept that everything you need is already inside, that developing consciousness in all things starting with the easiest first, the five senses that we’re constantly using day in day out is a great way to start kind of examining what are some of the toxins, what are some of the noise that you can remove from your life?

Katie: I love it. And then, lastly, I know we will have links in the show notes at wellnessmama.fm, so you guys can find all of the teas and everything we’ve mentioned there along with a, I believe a special code just for you guys from Pique Tea but Simon, where can people stay in touch and keep in touch with you and learn more?

Simon: Yeah, definitely through piquetea.com or our Instagram account. This is by far the best way, I frequently interact with all of our customers, they’re all able to reach me through our email, I really do respond to them directly. And I also lead a mindfulness challenge, which will be coming up in July where I actually personally will be leading medicinal breathwork system in class. So love to interact with all of you. We also have a Facebook group called the Healers Circle, which I welcome everyone to join.

Katie: Wonderful. And you guys can find all of that in the show notes, again, at wellnessmama.fm, so that you can find those links and stay in touch. Simon, thank you again for your time today and for all the work that you do in creating such high-quality products.

Simon: Thank you so much, Katie. It’s been a huge pleasure.

Katie: And thanks to all of you as always, for listening and sharing your valuable resource, your time, with both of us today. We’re so grateful that you did, and I hope that you will join me again on the next episode of “The Wellness Mama Podcast. “

If you’re enjoying these interviews, would you please take two minutes to leave a rating or review on iTunes for me? Doing this helps more people to find the podcast, which means even more moms and families could benefit from the information. I really appreciate your time, and thanks as always for listening.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br