Como manter o sistema imunológico forte durante o COVID-19

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Criança: Bem-vindo ao podcast da minha mãe.

Este podcast é patrocinado pela Jigsaw Health, minha fonte de magnésio. Você provavelmente sabe, se leu meu blog, que o magnésio é responsável por mais de 300 reações bioquímicas no corpo. Ela afeta a pressão arterial, o metabolismo, a função imunológica e muitos outros aspectos da saúde, incluindo hormônios. É conhecido como o mineral mestre e é um dos poucos suplementos que tomo regularmente. E eu encontrei uma maneira específica de tomá-lo que funciona melhor para mim em formas muito específicas, porque se o magnésio é tomado da maneira errada, pode levar a distúrbios digestivos ou se for tomado muito rapidamente, pode causar todos os tipos de problemas. Então, tomo dois suplementos. Um chamado MagSRT, que é uma forma de liberação lenta do malato de dimagnesio. A tecnologia de liberação lenta facilita o processo digestivo. Portanto, não recebo nenhum distúrbio digestivo que vem com algumas formas de magnésio. Tomo este formulário de manhã e no almoço. Então, duas cápsulas no café da manhã, duas cápsulas no almoço. E à noite, tomo um produto diferente MagSoothe, que é o glicinato de magnésio, que é ligado ao magnésio com o aminoácido glicina para ajudar a dormir. E, em conjunto, notei o maior efeito desses dois produtos em particular. Você pode conferir os dois e salvar, acessando jigsawhealth.com/wellnessmama. E o código wellness10 lhe dará US $ 10 em qualquer pedido.

Este podcast é apresentado a você pela Wellnesse, uma nova empresa que criei para trazer os melhores produtos de cuidados pessoais da minha família para a sua. Nosso creme dental branqueador é baseado na minha fórmula de bricolage que faço e aperfeiçoo há mais de uma década. Agora, depois de quase 100 rodadas de ajustes na fórmula e milhares de críticas positivas, eu não poderia estar mais orgulhoso de compartilhar isso com sua família. Você já leu um tubo de creme dental normal? Eu fiz quando meus filhos mais velhos eram pequenos e encontrei um aviso que dizia: “Atenção, mantenha-se afastado das crianças. Não engula. Se ingerido, entre em contato com o Controle de Envenenamento ou procure atendimento médico imediatamente. ” Isso pareceu um pouco extremo para algo que eu estava colocando na minha boca e na boca dos meus filhos várias vezes ao dia. E eu não queria que meus filhos usassem algo com tanta frequência que eu precisaria ligar para um centro de controle de envenenamentos se engolir acidentalmente. Decidi criar uma alternativa verdadeiramente segura e eficaz. E o creme dental Wellnesse Whitening é exatamente isso. Ele foi desenvolvido para apoiar o microbioma oral e o processo natural da saliva e dos dentes, para que os dentes possam permanecer brancos e fortes. Esta fórmula aprovada pelo dentista é segura para toda a família e deixa os dentes brilhantes e o hálito fresco. Você pode conferir nossa pasta de dentes e nossos produtos para o cuidado do cabelo completamente naturais em wellnesse.com. Esse é wellnesse.com. Uma dica: se você pegar um pacote essencial ou tentar o envio automático, receberá um desconto para poder experimentar tudo por um ótimo preço.

Katie: Olá, e bem-vindo ao Podcast Mama Mama. Sou Katie, de wellnessmama.com e wellnesse.com, que é “wellness” com um E no final. E este episódio especial é sobre algumas estratégias e suplementos práticos e baseados em evidências que estou usando para me concentrar na saúde intestinal e imunológica no momento e para manter minha família, esperançosamente, segura e bem. E sinto vontade de apoiar a saúde imunológica e intestinal, o que é importante o tempo todo, algo que sempre podemos melhorar e é realmente importante fazer a qualquer momento, mas especialmente importante agora, e foi por isso que perguntei à minha amiga Tina Anderson, da Just Thrive Saúde para se juntar a mim hoje. E falamos sobre vários produtos que são apoiados por estudos científicos, incluindo o probiótico dela, que é apoiado por um estudo duplo-cego com placebo, e os efeitos que eles podem ter na saúde intestinal e como isso parece apoiar o sistema imunológico. Também nos aprofundamos em outras estratégias de apoio imunológico que são baratas ou completamente gratuitas, e algumas coisas de gerenciamento de estilo de vida que estamos fazendo para manter nossa família saudável e feliz agora, no meio de tudo isso. Mas acho que este episódio está repleto de dicas realmente práticas e espero que ajude você e sua família. E sem mais delongas, vamos nos juntar à Tina.

Tina, de nada. Obrigado por se juntar a mim novamente.

Tina: Obrigado, Katie. Estou tão animada por estar aqui.

Katie: Estou muito empolgada em conversar com você, e esse é um dos meus revestimentos de prata que nós dois estamos presos em casas agora é que tenho mais tempo para fazer coisas como podcast, o que significa que posso falar com você hoje. Então, ficarei extremamente grato por isso e sei que essa é a sua mentalidade também: encontrar o positivo. E as pessoas me ouviram citá-lo muitas e muitas vezes. Você foi a origem da minha citação de que tudo vai funcionar perfeitamente para mim. Isso veio de você, então eu sempre tenho que dizer isso quando estamos juntos ou conversando.

Mas estou animado hoje. Acho que temos muito o que conversar agora, de maneira muito oportuna, com todas as coisas que estão acontecendo e com o quão incerto e um pouco selvagem tudo ficou nas últimas semanas, é claro, com o vírus e qualquer outra coisa. E mal posso esperar para me aprofundar em algumas estratégias práticas sobre isso e depois aprofundar algumas delas. Então, para começar, adoraria ouvir tanto da sua mentalidade quanto do lado prático, o que você está fazendo para apoiar seu próprio sistema e sua família agora?

Tina: Sim. Eu acho que a mentalidade é super importante, Katie. Quero dizer, essa é realmente a chave para isso. Este é um momento tão assustador para as pessoas, e acho que devemos mudar nosso foco. Você sabe que está certo. Falo sobre gratidão o tempo todo, porque acho que a gratidão nos permite mudar nosso foco, e tenho focado apenas em como estou feliz por ter mais tempo com meus filhos. Minha filha está na faculdade na Califórnia e agora está em casa comigo. Então é tão maravilhoso tê-la por perto e ter meu filho … você sabe, ter meus filhos por perto e ter tempo e jantar juntos à mesa e todo esse tipo de coisa, em vez de focar no que está acontecendo no noticiário e assistir ao noticiário . E eu tenho realmente tentado me concentrar na minha mente, porque é assustador para todos nós, até pessoas como eu, que realmente tentam olhar … você sabe, muda meu foco nesse sentido.

E uma das maiores coisas que faço é respirar. Eu sou um grande fã de respirar fundo. Eu medito. Eu não medito tão bem quanto acho que deveria, mas gosto muito de respirar, meditar, exercitar, sauna. Todas essas coisas são tão importantes durante esse período para nossa saúde mental e física. E então, é claro, tomar todos os tipos de suplementos, que são extremamente importantes, como probióticos, IgG, prebióticos, vitamina C, vitamina D. Tentando sair o máximo possível para obter vitamina D e todos esses tipos de coisas. Ficar realmente hidratado, acho que também é realmente importante.

Katie: Absolutamente. E, sim, acho que vamos nos aprofundar em todas essas estratégias hoje em dia, e sempre me lembro … bem, antes de tudo, toda vez que falo com você, sinto que você eleva meu ânimo e você é apenas um bom lembrete de ser grato e encontrar o positivo. E em momentos como esse, também penso em um dos meus livros favoritos é “Procura do homem por significado”, e há uma citação de Viktor Frankl. Ele disse: “Tudo pode ser retirado de um homem, mas uma coisa, a última das liberdades humanas, é escolher a atitude de alguém em um determinado conjunto de circunstâncias, escolher o próprio caminho”. E eu continuo pensando nisso em um momento como esse, porque muitos de nós dizem que não podemos ir a lugar algum. Tipo, muita coisa nos diz que não podemos fazer. E é isso que eu tenho lembrado aos meus filhos e a mim mesmo é que ainda temos sempre a opção de escolher ser positivos e agradecer e ser o mesmo para os outros em nossa vida.

E também sei que nós dois conhecemos Ryan Holiday, e eu amo todos os seus livros, tipo sua abordagem moderna ao estoicismo. E é engraçado porque existe uma citação em latim, “Amor fati”, que significa amor ao destino ou basicamente amor ao que é. E isso foi meio que minha cotação para este ano. Eu não esperava fazer esse curso intensivo porque é fácil amar o seu destino quando … você sabe, há um mês tudo é maravilhoso, e a economia parece … tudo está indo bem e todas as crianças são saudáveis , e os negócios são ótimos. E, na verdade, requer um pouco mais de trabalho quando estamos enfrentando coisas difíceis, e essa é a minha lição interior, eu acho. E isso é aprender a amar até as coisas ruins, porque há uma lição ou um forro de prata ou há algo bom em tudo, não apenas as coisas que, à primeira vista, parecem boas.

Tina: Sim. Meu Deus, eu amo isso, Katie. É exatamente assim que tento viver minha vida e tento espalhar isso para tantas outras pessoas. Mas sei que é difícil quando as pessoas estão lutando e perdendo empregos e a incerteza econômica. É muito assustador, mas você está certo. Temos o poder de controlar nossa atitude em relação a qualquer situação que nos seja apresentada.

Katie: Exatamente. E é por isso que eu amo que começamos com a mentalidade. Eu acho isso super importante, e eu também continuo lembrando as pessoas: toda tempestade fica sem chuva e isso também passa. E antes de avançarmos para as estratégias de saúde, eu também quero dizer que acho que nossas palavras são tão importantes e, portanto, estou pedindo às pessoas que pensem em mudar e parem de dizer distanciamento social. Talvez diga distanciamento físico, mas acho que precisamos de conexão emocional e social. Fico triste ao ver as pessoas terem medo de outras pessoas, e sei que precisamos manter distância, mas não a distância social, apenas a distância física por enquanto.

Tina: Eu amo isso, é verdade.

Katie: Ok. Então, vamos falar sobre o lado da saúde agora, porque a razão pela qual eu queria ter você agora é que você fez muita pesquisa e criou produtos incríveis que ajudam a melhorar a saúde. E eu sei que a maioria das pessoas entende que o intestino tem um papel muito importante em nosso sistema imunológico, mas eu quero muito … você pode nos explicar isso em detalhes e explicar como nossa saúde intestinal afeta obviamente todo o nosso corpo, mas nossa saúde imunológica?

Tina: Ah, definitivamente. Realmente, este é um momento em que devemos nos concentrar em nossa saúde intestinal, quero dizer, se houver um tempo. Na verdade, sou tão grata por estar no ramo em que estou agora, porque sabendo que meus filhos e meus pais e meus sogros e irmãos e membros da família e amigos íntimos e nossa família de clientes estão aceitando esses produtos porque é … esse é o momento mais crítico para cuidar da saúde intestinal. Este é um momento em que precisamos construir nossa resiliência.

No momento, não há tratamento para o COVID-19. Não há nada para mostrar que existe um remédio natural ou medicamento para mostrar que podemos tratar ou prevenir o COVID-19. Mas o que sabemos é que temos que contar com nosso próprio sistema imunológico para nos proteger disso, porque não há drogas ou tratamentos por aí. E nosso sistema imunológico deve estar funcionando de maneira ideal. Portanto, todas as coisas que fazemos para ser saudáveis ​​são realmente importantes e o intestino desempenha um papel realmente importante no sistema imunológico.

Assim, cerca de 80% do nosso tecido imunológico está no intestino. Começamos a seguir os estudos recentes sobre como o sistema imunológico combate esse vírus em particular. Houve um estudo lá fora, que saiu da Austrália e descobrimos que havia uma proliferação de células chamadas células T e células B necessárias para detectar e começar a combater o vírus. E a maior parte dessa proliferação ocorre nos tecidos encontrados no intestino delgado, e é por isso que é tão importante cuidar do nosso intestino.

A chave é um microbioma mais saudável, porque é o nosso microbioma que estimula esses tecidos para melhorar a proliferação das células imunológicas. Portanto, lembre-se de que nosso sistema imunológico é a nossa única defesa contra esse vírus no momento, e 80% do nosso sistema imunológico está no intestino. Portanto, se você tem um intestino disfuncional, seu sistema imunológico pode ser suprimido ou confuso ou, por outro lado, se você tem um microbioma saudável e um funcionamento, seu sistema imunológico deve estar funcionando de maneira ideal.

Então o vírus, esse coronavírus também infecta o intestino. Sabemos que, houve um estudo recente que mostrou que o vírus apresentava altos níveis de matéria fecal. Então, ele está se replicando no intestino. Na verdade, houve outro estudo que mostrou que 53% dos casos de COVID-19 mostram sintomas gastrointestinais primeiro antes mesmo de uma garganta arranhada, como diarréia, cãibras, esse tipo de coisa. Portanto, o sistema imunológico do intestino está tentando descobrir como lidar com isso.

Assim, nosso sistema imunológico está predominantemente no intestino, e o intestino impulsiona o funcionamento e a proliferação do sistema imunológico, iniciando no intestino, mas também em qualquer outro lugar do corpo. Portanto, isso se torna uma parte realmente importante do nosso mecanismo de defesa e, é claro, os probióticos podem ajudar. Você sabe, mostramos que as cepas de Just Thrive realmente regulam algumas das respostas imunológicas benéficas no intestino, que também se traduzem no resto do corpo.

Também sabemos que as cepas, os esporos encontrados em Just Thrive, também aumentam a diversidade de bactérias no seu intestino, o que é realmente importante para manter o sistema imunológico preparado e pode ajudar a manter as bactérias infecciosas patogênicas e a competir contra elas. o intestino, o que é realmente importante. Porque, como a última coisa de que precisamos agora, é o crescimento excessivo de bactérias patogênicas que produzem toxinas, aumentam a inflamação e aumentam o intestino permeável, porque tudo isso funciona contra um sistema imunológico funcional. É realmente muito importante manter nosso intestino o mais forte e saudável possível durante esse período, porque muito do nosso sistema imunológico é encontrado em nosso intestino.

Leia Também  Hormone Therapy for Women: What Are the Known Risks?

Katie: Sim. Eu acho que esse é um ótimo ponto. Novamente, para focar no que está sob nosso controle, sabemos que não existem remédios diretos para isso, nem remédios que estejam funcionando diretamente, embora eu saiba que existem cientistas trabalhando duro nisso. Mas o que podemos fazer, como você disse, é focar em maneiras de fortalecer nosso próprio sistema para poder lidar com isso. E também sempre lembro às pessoas que nosso sistema imunológico foi projetado para ser capaz de fazer isso. É por isso que temos um sistema imunológico. E, portanto, não precisamos entrar no modo completo de surto. Só precisamos encontrar algumas estratégias práticas que ajudem nosso sistema imunológico a estar pronto. E acho que, como você acabou de explicar, esse é um fator realmente importante para a saúde intestinal. Você pode falar sobre … eu sei que você fez no seu primeiro episódio de podcast e vou garantir que isso esteja vinculado nas notas do programa. Mas apenas nos dê uma cartilha, novamente, sobre os diferentes tipos de probióticos e por que você quer se concentrar nessas cepas específicas, especialmente quando você está tentando otimizar o intestino dessa maneira.

Tina: Certo. OK. Sim. Portanto, as cepas de Just Thrive são consideradas probióticos baseados em esporos. A maioria dos outros probióticos no mercado é composta pelas estirpes do tipo Lactobacillus e Bifidobacterium. Portanto, a maioria dos probióticos é composta dessas cepas de Lactobacillus Bifidobacterium, que são organismos muito sensíveis em geral. Eles têm dificuldade em sobreviver no sistema gástrico.

De fato, você sabe, muitos precisam ser refrigerados para permanecerem vivos. Por isso, sempre nos perguntamos se ele precisa ser refrigerado para se manter vivo. Então, como no mundo sobreviverá à temperatura corporal, que é 98,6, e muito menos ao sistema gástrico, que é tão ácido e conhecido como barreira gástrica. E a resposta é que a maioria dessas cepas nunca chega ao intestino vivo.

Um dos primeiros estudos que fizemos como empresa foi um estudo de sobrevivência. Pegamos o probiótico líder de vendas vendido em uma grande loja de alimentos naturais, com 50 bilhões de UFC, unidade formadora de colônias, e mostrou que 99,99% das cepas de probióticos morrem antes de chegar ao intestino. Desde então, um laboratório independente de terceiros testou centenas de probióticos diferentes no mercado, mostrando que a maioria deles morre, 99,9% das células morrem quando chegam ao intestino.

Então, realmente, com muitos desses probióticos, estamos fazendo terapia com células mortas, que, na verdade, existem alguns estudos que mostram que mesmo bactérias mortas fornecerão algum alívio sintomático. A diferença com os esporos encontrados em Just Thrive é que eles têm essa casca de endosporo em volta de si mesmos e, novamente, isso não é algo que fizemos para … você sabe, não os projetamos. É dessa maneira que essas linhagens que recebemos do meio ambiente têm naturalmente essa concha de endosporo em volta de si e, quando têm essa concha em volta de si, ficam inativas. Então, é só quando atingem o intestino que eles tiram a casca e entram no estado celular vivo da célula.

Então, quando estão na cápsula, estão inativos. Quando foram encontrados no solo, estavam dormentes. Quando estão em produção, estão inativos. Quando você os engole, eles estão dormentes. Quando eles passam pelo seu sistema gástrico, estão inativos. Não é até que eles atingem o intestino que eles tiram a casca e se tornam vivos, e é aí que você precisa de um probiótico para estar vivo no intestino.

E a outra grande diferença é que, quando entram no intestino, ficam ali por cerca de 21 a 28 dias, onde trabalham. Eles entram. Sabe, eu adoro usar essa analogia do jardim, e acho que mencionei no primeiro episódio que essas cepas vão para o jardim, que você compara isso ao intestino … ao intestino. Eles vão para o jardim e se apegam ao solo. Eles têm a capacidade de se livrar das ervas daninhas no jardim e, em seguida, têm a capacidade de trazer plantas que foram pisadas e pisadas de volta à vida.

Então, no intestino, eles estão ligados à parede celular intestinal. Eles têm a capacidade de realmente se livrar de algumas bactérias patogênicas, um crescimento excessivo de bactérias. E então eles têm a capacidade de realmente trazer boas bactérias. Eles criam compostos e nutrientes para trazer as boas bactérias quase de volta à vida e realmente tornam esse jardim exuberante, bonito e diversificado em nosso intestino, o que é tão, tão importante para a nossa saúde em geral.

Katie: Absolutamente. Eu acho que essa distinção é muito, muito importante e especialmente agora. E sei que existem outras estratégias que podem andar de mãos dadas com isso quando falamos especificamente sobre a saúde intestinal. No momento, já ouvi muitos médicos, por exemplo, mencionarem, removerem qualquer coisa que possa ser inflamatória no momento; coisas como açúcar ou alimentos processados, qualquer coisa que possa causar inflamação. E então o lado benéfico é colocar essas coisas no estômago para dar uma chance, como você disse, para que todas essas coisas boas cresçam.

Outra coisa que eu quero ter certeza é que conversamos, porque é um produto novo para vocês, e eu ainda não falei no podcast, mas também há um benefício potencialmente específico no momento: o papel da IgG. Então, para começar de forma ampla, você pode nos explicar o que é IgG antes de tudo e depois entraremos no lado suplementar?

Tina: Claro. Sim. IgG significa imunoglobulina G, e a imunoglobulina G é o tipo de anticorpo mais abundante encontrado no corpo. Portanto, é o anticorpo mais comum encontrado no corpo, e seu trabalho é combater antígenos, como bactérias, vírus e toxinas. Portanto, é muito, muito importante que tenhamos nossa IgG, nossa IgG natural trabalhando para combater isso … você sabe, agarre.

Então, o que a IgG apenas faz no corpo é que ela se liga. Então, ele se agarra a essas toxinas que são encontradas, como eu disse, em vírus, crescimento bacteriano, bactérias patogênicas, vírus como toxinas do mofo e diferentes tipos de toxinas ambientais, e elas as ligam. Então eles os agarram e depois os neutralizam para não se espalharem mais. E então o corpo os remove com segurança através da defecação. Portanto, a IgG é tão crítica, especialmente agora neste momento.

Por isso, desenvolvemos um produto chamado Ultimate IgG, e o que isso faz é permitir … fornece ao nosso corpo cerca de 25% mais IgG em nosso corpo. E a formulação real que está em nosso produto foi estudada em outras infecções virais. De fato, a maneira como descobrimos sobre esse ingrediente foi o trabalho que fizemos com pacientes com HIV.

Estávamos envolvidos neste consórcio com HIV porque sabemos que muitas pessoas com HIV estão … elas estão morrendo de enteropatia intestinal, não necessariamente a carga viral. Então, quando digo enteropatia intestinal, estou falando sobre o vazamento do intestino ou a permeabilidade de nosso intestino. Assim, quando temos toxinas de LPS em nosso intestino, elas podem penetrar na corrente sanguínea, e isso se torna muito problemático. Também é muito problemático para pessoas com HIV.

Portanto, esse IgG também foi estudado com diferentes infecções virais como o HIV, e o que esses estudos mostram é que o IgG aumenta drasticamente as células T CD4. E essas células T CD4 são críticas e o que ajuda a nossa resposta imune adaptativa a proliferar. Então, queremos uma resposta imune adaptativa. Não queremos uma resposta imune inata. Queremos uma resposta imune adaptativa ao lidar com esses tipos de vírus.

Assim, eles também mostram que a IgG oral se liga e neutraliza toxinas bacterianas, toxinas de fungos e toxinas virais. E não há evidências de que seja obrigatório o COVID-19, e não estou sugerindo isso. Mas há evidências de que ele liga outras toxinas e patógenos, e isso reduz a carga em nosso sistema imunológico e reduz o efeito toxigênico no corpo. Portanto, é um mecanismo de suporte muito, muito importante.

Eles fizeram estudos sobre o uso de IgG oral e outros desafios virais, não o COVID-19, mas outros vírus. E eles descobriram que a presença da ingestão oral de IgG realmente ajuda o sistema imunológico a eliminar essas infecções virais mais rapidamente do que quando você não tem IgG oral. Então é realmente importante. É um mecanismo realmente favorável do sistema imunológico e seu componente antiviral. Quero dizer, basicamente está tirando a carga do sistema imunológico. A melhor maneira de ver isso é como se estivéssemos pegando … você sabe, reduzindo a quantidade de bandidos, e agora temos mais do nosso sistema imunológico natural para combater o que ele precisa combater. Portanto, mais ferramentas em nosso sistema imunológico é basicamente o que ele faz.

E, você sabe, você falou sobre inflamação, e eu acho que é realmente importante falar sobre o papel do LPS, sobre o qual acho que devo ter falado brevemente. LPS significa apenas lipopolissacarídeos. É uma endotoxina que é encontrada principalmente em nosso intestino, o que não é realmente tão problemático quando está no intestino. É quando ele penetra na corrente sanguínea que nosso sistema imunológico tem essa resposta inflamatória. E fizemos um ensaio clínico humano duplo-cego sobre intestino permeável. Foi publicado em 2017, e esse estudo mostrou que, usando as bactérias à base de esporos, poderíamos reduzir a quantidade de LPS que vazava na corrente sanguínea.

Você sabe, e não apenas o constante vazamento de LPS na corrente sanguínea está causando inflamação de baixo grau e é o fator mais importante para a condição crônica, como também está aumentando a expressão dos receptores-alvo do COVID-19 e outros tipos de vírus. Portanto, quanto mais LPS você tiver em circulação, é apenas um fator de risco importante para a maioria das doenças crônicas, mas isso também se torna ainda mais importante agora, porque o LPS em seu sistema circulatório regula positivamente a expressão desses receptores-alvo de COVID- 19 e outros tipos de vírus. Então, nós realmente queremos ter certeza de que estamos selando esse revestimento intestinal.

E ambos os esporos foram mostrados em um ensaio clínico duplo-cego para realmente ajudar a criar proteínas para selar as junções apertadas e fortalecer o revestimento do intestino. Mas a IgG também mostrou ser realmente favorável a uma função de barreira intestinal muito mais forte. Então, a combinação é realmente … como eu disse, sou muito grata por meus filhos aceitarem, meus pais aceitarem, meus sogros. Você sabe, toda a minha família e nossa família de clientes estão aceitando porque sinto que estamos realmente ajudando a mudar o mundo agora nesta pandemia em que estamos, porque estamos ajudando as pessoas a realmente apoiar seu sistema imunológico.

Katie: Sim. E é muito útil ter as ferramentas e saber que você pode fazer algo que irá ajudar seu corpo, caso você pegue o vírus apenas para ter uma saúde imunológica mais forte em geral. E, na nota da IgG, acho que as pessoas podem estar familiarizadas com esse termo se, por exemplo, fizerem testes de sensibilidade alimentar ou algo assim porque a IgG também é basicamente um marcador no corpo, pelo que entendo que pode … como, por exemplo, quando faço testes de IgG, ele mostra alergia a ovos ou intolerância. Então eu não posso comer ovos. Você pode explicar como todas essas peças se encaixam?

Tina: Sim. É um pouco diferente. Quero dizer, é a mesma coisa. Está mostrando como nossos anticorpos estão respondendo a uma infecção. De fato, naquele estudo que mencionei na Austrália, o que esse estudo mostrou é que havia uma mulher de 47 anos que desenvolvia COVID-19 e estava testando o sangue dela. Eles estavam monitorando-a de perto e descobriram que os níveis de IgG e IgM aumentaram quando os sintomas começaram a desaparecer, então, quando os sintomas do COVID-19 começaram a desaparecer.

Então, está nos dizendo que são a IgG e a IgM que estão realmente combatendo esse vírus em particular, o que é realmente interessante. É um mecanismo diferente do que quando estamos olhando … quero dizer, nós apenas sabemos que a IgG está realmente lutando … você sabe, agarrando-se a esses antígenos e patógenos específicos que estão acontecendo em nosso corpo agora.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Katie: Entendi. OK. Isso faz sentido. E acho que é importante entender que isso é algo que temos no corpo, e você disse que é o mais abundante. Eu sei que também existem IgM e IgA, mas, como você disse, a IgG é a que mais se envolverá nesse combate à infecção no corpo e nossa capacidade de suportar esse tipo de coisa, certo?

Tina: Certo. É mais procurado no corpo e é o anticorpo de imunoglobulina mais comum no corpo.

Katie: Entendi. E acho que também é importante destacar que, como você disse nos pacientes com HIV do estudo, as pessoas não estavam realmente morrendo do vírus. Eles estavam morrendo de efeitos disso, como nas endotoxinas intestinais, e isso parece ser o que estamos vendo em muitos casos com COVID, é que as pessoas não estão morrendo do próprio vírus. Eles estão morrendo de, por exemplo, sepse ou coisas secundárias. E assim, qualquer coisa que possamos fazer para fortalecer o corpo para poder lidar melhor com todas essas coisas que acho super importantes agora.

Tina: Sim. Eu não poderia concordar mais. Quero dizer, todas essas coisas, como a vitamina C, são super importantes, mas apoiar sua barreira intestinal é realmente tão crucial para a criação … queremos que nosso sistema imunológico esteja funcionando de maneira ideal no momento, e isso não pode ser estressado o suficiente. E sabemos que o sistema imunológico está principalmente no tecido intestinal. Então é muito, muito importante.

Katie: Absolutamente. Eu sei que colocarei links nas notas do programa no wellnessmama.fm para IgG e probiótico, bem como para algumas das pesquisas que eu sei que vocês têm e que você … e alguns dos artigos educacionais em seu site para que as pessoas pode continuar a se aprofundar nisso. Como você disse, acho que continuaremos a ver pesquisas sobre isso, e especialmente quando se trata do COVID-19, ainda somos muito novos no que sabemos e no que não sabemos, mas para podermos ter algumas estratégias práticas que podemos implementar no momento é muito útil.

E nessa nota, também quero falar sobre outras estratégias de apoio que você está fazendo com sua família. Acho que provavelmente temos muita sobreposição na abordagem que estamos adotando. Você mencionou, e eu sei que isso será importante para nós dois, mas apenas gastando o máximo de tempo possível lá fora. A pesquisa que estou vendo é que não sabemos de estudos específicos sobre COVID-19, mas sabemos de estudos sobre problemas respiratórios, para começar, qualquer tipo de doença respiratória, que a vitamina D seja superprotetora. E sabemos em geral que a otimização dos níveis de vitamina D, por exemplo, ajuda você a lidar melhor com quase todos os tipos de doenças, e essa é outra estratégia. Felizmente, está ficando ensolarado em muitos lugares, mas outra estratégia que todos podemos implementar. Sei que estou tentando passar o máximo de tempo possível do lado de fora agora e acho que você também. Mas vamos falar sobre como luz solar e vitamina D e tempo fora.

Leia Também  Composto natural em vegetais ajuda a combater doenças hepáticas gordurosas

Tina: Ah, sim, eu não concordo mais com você, Katie. Quero dizer, mesmo se você estiver em climas frios, é muito importante sair. Para a saúde mental e a saúde física, sabemos que precisamos de vitamina D para ajudar a apoiar nosso sistema imunológico também. Sabe, eu tenho tentado passar tanto tempo fora andando, suando. Eu realmente tenho tentado suar. Tenho a sorte de ter uma sauna em minha casa como você. É muito importante estar suando também. Mas quero dizer, mesmo que você não tenha sauna, saia correndo, suando e aquecendo o corpo, o que obviamente ajuda a combater também.

Quero dizer, os estudos estão mostrando agora que o vírus não gosta de calor. Então esse é um bom sinal. Mas nós saímos para passear, andar de bicicleta, passear. Eu acho que é outro presente nessa coisa toda. Já vi muitas pessoas lá fora em passeios de bicicleta, mesmo com o tempo mais frio, e apenas andando em família e passando um tempo jogando basquete lá fora, sabe, apenas com a família e fazendo coisas diferentes assim. Há tantos presentes neste momento. É inacreditável. Sei que há muitas histórias tristes também, mas há muitos presentes. Estou passando mais tempo com as crianças, saindo juntos e andando de bicicleta e coisas assim.

Katie: Sim. Eu concordo absolutamente. Sei que o adiamento ou cancelamento da escola foi uma grande mudança para muitas famílias, certamente, e sei que muitas mães talvez não estivessem prontas para o verão começar no meio de março. Mas o lado positivo disso, como você disse, é que você tem tempo com seus filhos, especialmente com filhos mais velhos, como se você provavelmente não tivesse passado tanto tempo de qualidade com eles neste momento do ano, se eles ainda estivessem na escola agora.

Tina: Sim, absolutamente. Sim. Você está tão certo. Minha filha está na faculdade na Califórnia, e ela chegou em casa, e por isso é tão maravilhoso tê-la em casa com todos nós e apenas ficar juntos como uma família. Eu me sinto tão abençoada por ter esse tempo extra e não estar correndo. That’s the thing, running from practice to practice and game to game. It’s been really nice to have this time together.

Katie: Yeah. Exatamente. I hope that we can all look back sooner than later and realize that this was a great time of bonding and getting to focus on the really important things like time with family. Again, I’m hoping this will pass relatively quickly. We’ll see. O tempo vai dizer. But I hope that we can all one day…

Tina: Yes, me too.

Katie: …look back and have positive memories and have found the good in it, and certainly be interesting to see what our kids look back and say, too.

Tina: Right. I think it’s so fun seeing the kids become so creative to do different things. You know, I just think it’s been a great challenge for them also. I’m not saying it’s not hard, and I agree. I hope it passes sooner rather than later, but just seeing them cooking together and being more creative and doing different things. My kids are older, but I mean, even like some friends you see on Facebook and Instagram doing different fun things with their families and cooking. And the memes have been hysterical. I mean, I have never laughed so hard with some of the memes out there. My mom and I keep sending things back and forth to each other. We have so many different group chats. We did a huge family group FaceTime with both my husband’s side of the family and my side of the family. They were like 20 of us. No one could hear anything, but we just laughed the whole time. So, it’s been a time to really laugh and enjoy and have time for humor.

Katie: Absolutely. And I figure like it’s one of those things like I’m gonna try to learn. I know your kids are on TikTok. I need to learn TikTok. Like all these things I would never have ever thought to do otherwise.

Tina: Oh, my God, that’s fortunate. That’s all they’re doing is doing more TikTok. That’s hysterical. Eu sei. I couldn’t agree more.

Katie: Yeah. Concordo. The memes are funny, and I think it’s also important to think of like this is such a rare thing that we truly are all in this together, not even just the U.S., but we are globally in this together. And so, I know that we’re all isolated but at the same time like we’re in something together. And if we can build the community out of this and use this time to nurture relationships and to make them stronger, I think we can, on the other side of this hopefully all emerge stronger and better and more connected. That’s my hope.

Tina: Absolutely. I mean, I see it already. I feel like I’m making more calls to people I’ve been out of touch with and just touching base with people that time didn’t allow me before to do that. So, it’s very, very true. And there’s so many cool learning. I think parents are learning all these different learning tools out there. There are so many online sources, and I think people are starting to realize that they could take a bigger role in their child’s learning. That’s pretty cool, too.

Katie: Yeah. It’ll be really interesting to see the lasting changes in the education system that come from this. And what I’ve been encouraging my kids to do…because I think boredom is the big struggle for kids especially as we all adjust to like, “How do you keep everyone busy when we’re all in the same house?” And so what I’ve been encouraging my kids to do is I’m like, “We have literally the entirety of information, human information available at your fingertips through the internet. So how are you gonna use this hopefully only in next couple of weeks but maybe months to improve yourself?”

And so I’ve even, since we do homeschool, been letting them negotiate. I’m like, “Come to me with a proposal and tell me how you’re gonna improve yourself in the next two months and what skills are you gonna learn. Let’s make this a time of like building and improving and not just thinking of all the bad that’s gonna happen.” And so we are collectively learning Japanese. I’ve got kids learning harmonica and piano. One is learning how to do a backflip, which I might die of heart fright from watching her, but she, I have no doubt, will get it. And so that’s my other encouragement to moms is like let it be fun. Let it be a game. And like how can we all improve ourselves. I’m finally doing some exercise classes much more regularly because I’m home and have time to do them.

Tina: Right. Me too. Direita. Exatamente.

Katie: Yeah. So the other thing we can talk about both from the mom perspective and the health side is the importance of a daily routine in general but also like an immune-supporting daily routine right now. And so like I’ll share some things that I think are helpful and you can build on them. I’ve mentioned it before, but I am a big fan of light. Not just for the vitamin D, I think that’s super important as well. But I’ve always encouraged people, and I try to everyday go outside really soon after waking up and get natural light as soon as possible after waking up, and that also is important for immune health and hormone health and so many other things because that light signals the whole circadian cascade. And so that’s something simple and free that we can all do is just get light as soon as possible after waking up.

Also, I’ve been tightening up my fasting regimen right now just in the name of supporting immune health. What I’ve been reading from the researchers on this like Dr. Peter Attia. He’s saying we don’t know if long water fasts are good right now because we just don’t have any research on that, and there’s a chance they could…like during a long fast, you might temporarily suppress the immune system. So they’re not recommending long fasts, but they are recommending kind of what they call circadian fasting, which is just eating in a shorter window during the day, whatever window that ends up being for you, and then just not eating after dark. And that’s another signaling mechanism because food is part of that circadian biology.

And so basically like we started talking about from the very beginning of this episode like what are some ways that we can work in harmony with our circadian biology and with our biology to support the immune system naturally and to support hormone health naturally and just to optimize every factor. So, those are a couple I’m doing. I’m also making sure we all take obviously probiotics and IgG and then also vitamin D and vitamin C and get movement every day. How has your routine changed since we have all become homebound?

Tina: Yeah. I wanna piggyback on that fasting because I really am so glad you mentioned that because that…I recently over the last year or so I’ve been practicing intermittent fasting, and I cannot stress how important that is enough right now because we know…from the leaky gut study that we did, it showed us that every time we eat, it causes…especially if we have a leaky gut, which a lot of people…they’re estimating 80% of the adult population has a leaky gut. It causes this inflammatory response. I mean, of course, we all have to eat. So I’m not suggesting that we don’t eat, but I think limiting the time is really, really critical to be supporting our immune system because we don’t want that inflammatory response on a regular basis. And we wanna make sure we’re tightening up the gut barrier and all of that and the leakiness of the gut.

But I agree with the fasting. I agree with getting outside like we talked about. And the breathwork with the sleep is so important. I’m so glad you brought that up because I was just on another podcast the other day, and I kept talking about how important that is. And I think it’s really hard right now with the kids not being on a regular schedule to allow them to sleep in, and yet that’s probably one of the worst things that we…

We want them to get enough sleep, but we don’t want them to be messing around with their circadian rhythm and their sleep cycles that they’re accustomed to because that’s not really great for their immune system either. So, I would definitely agree with you on that about the sleep for sure. I’ve been working out like crazy, too.

Just the sweating alone is just I think really important doing a lot of working out. I don’t think like really hard, hard strenuous workout is good either because that could cause too much stress on the body, too. You know, working out and getting a sweat going I think is really important, and like I mentioned, the breathwork.

I mean, I agree we need to stay away from sugar, and I’ve been really trying to do that as well. It’s really hard right now with the kids because they’re home, and it’s like, “Oh, let’s treat ourselves,” and trying to stay away from alcohol, but I’m always so grateful for Dry Farm Wines that they don’t have sugar in their wines. So, during this time it’s been really nice. I’m like, “Make sure we don’t run out of our Dry Farm Wines,” and I know you’re a big fan, too.

Katie: Yeah. Definitely shout out to Todd, and also just they have been a light and an inspiration during this whole thing as well. Even separate of the wine, I know the emails I’m getting from them they’re…even though they can’t all come together as a team, they’re doing group meditation and grateful practice every single day via the internet via Zoom, and they’re still making that a priority. And they have even been like letting other people join them and just trying to encourage everyone to keep the focus on gratitude even during the hard time. And thankfully, they were declared an essential activity, and so mine is still available. I think a lot of moms right now might agree that wine is an essential.

Tina: Yes. Exatamente. And thank God for Dry Farm, exactly. And then, obviously, I’ve been taking lots of vitamin C. So, that’s been great, and of course, I love Paleovalley vitamin C. I think you’re a fan, too, so just lots of great…there’s so many great things out there that could help us just get through this time for sure, so many great supplements, so many great tools that you just talked about. I think we’re very fortunate to have all those tools in our toolbox.

Leia Também  Traga Ocean Vibes direto para sua casa com essas suculentas de cauda de sereia

Katie: I agree, and I’ll make sure, like I said, that everything is linked in the show notes, and if you guys are listening, I’ll also put swipe up links to these things on Instagram, so you can find them.

This podcast is brought to you by Wellnesse, a new company I co-founded to bring the best personal care products from my family to yours. Our whitening toothpaste is based on my DIY formula that I have been making and perfecting for over a decade. Now, after almost 100 rounds of tweaking the formula and thousands of positive reviews, I could not be more proud to share this with your family. Have you ever read a tube of normal toothpaste? I did when my older kids were little, and I found a warning that said, “Warning, keep away from children. Do not swallow. If ingested contact Poison Control or seek medical attention immediately.” That seemed a little extreme for something that I was putting in my mouth and my children’s mouth multiple times a day. And I didn’t want my kids using something that often that I would need to call a poison control center if they accidentally swallowed. I set out to create a truly safe and effective alternative. And the Wellnesse Whitening toothpaste is just that. It’s designed to support the oral microbiome and the natural process of saliva and teeth so that teeth can stay white and strong. This dentist approved formula is safe for the whole family and will leave your teeth shiny and your breath fresh. You can check out our toothpaste and our completely natural hair food hair care products at wellnesse.com. That’s wellnesse.com. An insider tip, if you grab an essentials bundle or try autoship, you will lock in a discount so that you can try everything at a great price.

This podcast is sponsored by Jigsaw Health, my source for magnesium. You probably know, if you’ve read my blog, that magnesium is responsible for over 300 biochemical reactions in the body. It impacts blood pressure, metabolism, immune function, and many other aspects of health, including hormones. It’s known as the master mineral and it’s one of the few supplements I take regularly. And I have found a specific way to take it that works best for me in very specific forms because if magnesium is taken in the wrong way it can lead to digestive upset or if it’s taken too quickly it can cause all kinds of problems. So, I take two supplements. One called MagSRT which is a slow release form of the dimagnesium malate. The slow release technology makes it easier on the digestive system. So I don’t get any of the digestive disturbance that comes with some forms of magnesium. I take this form in the morning and at lunch. So, two capsules with breakfast, two capsules with lunch. And at night, I take a different product MagSoothe, which is magnesium glycinate which is magnesium bound with the amino acid glycine to help sleep. And in combination, I noticed the biggest effect from those two particular products. You can check them both out and save by going to jigsawhealth.com/wellnessmama. And the code wellness10 will give you $10 off any order.

I know as a lot of supplements and supplies are selling out everywhere, are you guys still in stock of these? Can people still get them?

Tina: Yes. Thank goodness, we just got a huge shipment in like two days ago actually, and so we’re really fortunate because it has been selling like crazy. It’s unbelievable how quickly it’s been selling, especially the IgG and the probiotic, of course, is always a top seller for us, but the IgG is just going crazy because we keep hearing about it.

You know, you listen to the press briefings, the White House press briefings, and you always hear the doctors talking about the IgG and your IgM and your IgG, and so I think people are starting to understand, “Wait, I need to pay attention to what IgGs do in the body.” So, yeah, that’s been selling like crazy. So, right now we do. So hopefully, it’ll stay that way so we could get it out to as many people as possible. We actually did start putting a limit on orders because we just don’t want to have a hoarding situation either because that was happening in the beginning, too.

Katie: Got it. Sim. And that’s another thing to speak to from, like just the mom side through all this is I know there’s all kinds of encouragement online to please not hoard and only take what we actually need right now but just to reiterate that and also to be supportive. I know like I’ve been texting people that live near us and just checking in like, “Do you guys need anything? Can I leave anything on your porch?” You know, like I think that aspect of community is really important as things do stock out, which is really sad to see, and especially I know there’s even some elderly people in our area that weren’t able to get things like toilet paper because people were hoarding it. And so I also just encourage people like check in. I know we can’t like physically check in, but check in with people near you and see how you can support and build community. And I think like if we all focus on that. Hopefully, this thing will end soon, but if not, we’re all gonna get through it better than we entered hopefully.

Tina: Absolutely. And, yes, that’s I think another…I’m glad you brought that up, too. Just helping everybody in the neighborhood and community has been great, and I think it’s been great for the kids, too. And I think that’s another great thing to do for the kids is getting them involved in that, and maybe riding their bikes and bringing over a couple rolls of toilet paper to the elderly and other people in the community that are immunocompromised and shouldn’t be going to the store at all either.

So, I agree. Another gift is to show the kids how to give back because I think kids are so focused on their activities, and we have to go to this practice and this practice, and we’ve got homework and do this. It’s like this is a time to allow them to give back more than they maybe had time to otherwise.

Katie: Yeah, such a good perspective. OK. So on a practical level just dosage wise. I know that neither of us are doctors, and we’re not trying to give medical advice. Although, for anyone listening, I know telemedicine is what they’re saying is the option right now. Like, don’t go anywhere unless you absolutely have to medically. So I will put a link to SteadyMD, which is my form of concierge telemedicine that I use with our family. So, if you do need to talk to a medical professional, I’ll put that link in the show notes at wellnessmama.fm. But without giving medical advice, Tina, I’m curious, like just walk us through what dosing you’re taking of all the different products right now to support your immune system.

Tina: Okay. Certo. So the probiotic I take normally I would take one a day. During this time, I’m taking two a day, and when we say two a day, I take two at the same time, and you always take it after a meal. That’s what I always do. But, you know, one or two a day is so, so important, and even if you took a half of the capsule every day or one capsule every other day, you are in such a better shape than somebody that’s not getting these spores in them. So I would definitely recommend doing that.

The IgG is probably my next priority. I take four of those a day. The normal dosage is four a day. The only reason I have my parents, my in-laws taking more than that because I just really wanna make sure that they are totally supported because they are saying it’s affecting the elderly a little bit more. Not that I consider any of them elderly because they feel so young, but they meet the age criteria, so four a day for most people.

You could take up to 10 a day because the study that was done on the ingredients actually was 5 grams, 4 capsules of our product is 2 grams. So anyway, you could take up to 10 capsules, but I usually take 4 a day. I take a scoop full of our prebiotic. Of course, the prebiotic is so, so important because it’s helping feed our good bacteria in our gut. So, I do that.

And then I take vitamin C. I take like four or five of the Paleovalley vitamin C. I’m taking about 30,000 IUs of the vitamin D but mostly trying to get outside trying to do that. What else am I doing for… I have so many supplements, Katie. You could only imagine, and, of course, our vitamin K2 I’m taking. Because when you’re taking vitamin D, you need to take the vitamin K2.

Oh, our Gluten Away product. That’s the other thing, Gluten Away. I mean, we don’t need to get into that. We could do a whole other episode. But that’s really important because when we’re eating gluten, there’s a study that show that everyone that eats gluten, even if you don’t have any outward symptoms of gluten intolerance, it is still showing this inflammatory response. So, I’m trying to take gluten away before I eat so it could help protect a little bit of that. It’s not a replacement for a gluten-free diet and that we could talk about that later. Mostly the probiotic, the IgG are a number one priority, our prebiotic K2 vitamin. And then vitamin C is also probably number three priority and vitamin D. That’s about it. I know I’m taking more, but I can’t really remember them all.

Katie: Yeah. I’m in a very similar protocol, and I’ll type that out and put it in the show notes so you guys can find all of those things directly. But I think as we like get close to wrapping up, it’s important to reiterate where we started, which is like do all of these things physically to support yourself and your immune system and get sleep and sweat and take supplements. But also at the end of the day, mindset is huge as well, especially for either moms listening, like our mindset so often affects the whole family. It like kind of has a ripple effect, and so to the degree that we can stay positive and grateful and all of those things, that will help our kids navigate this as well, and just to focus on the blessings that are hidden in this in the family time and the ability to for those of us who are home have more time to focus on things and projects and stuff that we’ve been waiting to do.

Tina: Yeah. I could not agree more. The mindset is so important, Katie. And the one thing I forgot to mention is affirmations and just saying that. You know, being careful, like you said, with your words, the words that you use but saying things like, “I am perfect health. I am health. I am in perfect health or I am healthy,” or whatever it is that you wanna say, but saying those things out loud. And it’s not that they miraculously happen. It’s that you’re putting that out there to the world, and then you make choices that will support a healthy lifestyle. So I think, you know, saying affirmations and having that positive mindset is so, so critical to your immune health, is so critical.

Katie: I agree. And like I said, links to everything will be in the show notes at wellnessmama.fm. So if you guys are hopefully maybe in the sunshine exercising while you’re listening to this, you can find all of the links there. And you guys leave comments in the show notes, and both of us will answer questions. I know we both wanna be to whatever degree we can be remotely a source of support for any of you guys, and I think the community is so, so important right now. And I’m so grateful for the “Wellness Mama” community and, Tina, for you and for your family and for everyone spreading positivity and being a source of support right now.

Tina: Well, thank you, Katie. I’m so grateful for you and for the platform that you have for people and listeners. You are an amazing human being. So thank you.

Katie: Well, thank you. And thanks to all of you for listening, for sharing your most valuable asset, your time with us today. We’re both so grateful that you were here, and I hope that you will join me again on the next episode of the “Wellness Mama Podcast.” And I hope that soon it will be with all of us not in isolation, but stay positive and stay grateful and stay well.

If you’re enjoying these interviews, would you please take two minutes to leave a rating or review on iTunes for me? Doing this helps more people to find the podcast, which means even more moms and families could benefit from the information. I really appreciate your time, and thanks as always for listening.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br